Não é só de yakissoba que viviem os chineses. Eles também possuem o pato à Pequim

pato à PequimSe você mora em São Paulo ou em uma cidade que possui muitos shoppings, deve ter se deparado com muitos fast foods chineses. Eles possuem diversos pratos, como o yakissoba que já é bastante difundido aqui no Brasil. Mas você conhece o prato chamado pato à Pequim?

O pato à Pequim é um tradicional prato da China. Muitos restaurantes oferecem esse delicioso prato diariamente. E, os turistas que vão às cidades chinesas sempre querem experimentar esta delícia.

E sabe o que é mais especial?

É que o pato à Pequim é um delicioso prato em que a ave fica com uma aparência muito bonita, pois o prato é feito com um delicioso molho caramelizado.

O pato fica com um visual brilhante.

Este prato tão tradicional chinês é muito consumido e o corte dele é bem interessante. Hoje em dia, os restaurantes oferecem o prato totalmente tradicional com corte da época dos imperadores.

Aqui no Brasil, somente alguns restaurantes chineses fazem essa receita antiga.

Lá na China, os cozinheiros fazem os patos na frente dos clientes. E, esses patos não são qualquer um, eles precisam ser os verdadeiros patos de Pequim.

E, como a pele fica caramelizada, esta é a melhor parte ao se comer.

O mais interessante é que o pato à Pequim é servido junto a um delicioso crepe que o acompanha. Esses crepes são muito finos e podem ser comidos junto com o pato. Mas muitas pessoas não gostam de comer o pato com os crepes.

Esses crepes também possuem o nome de panquecas mandarim, justamente por serem bem finos.

O primeiro pato à Pequim foi feito no ano de 1330. Os nos foram se passando e este delicioso prato foi sendo feito continuamente até os dias de hoje.

O delicioso molho que deixa o pato à Pequim com um aspecto brilhante é feito com diversos ingredientes, como mel, molho de hoisin e corante vermelho. O aspecto do pato fica realmente muito apetitoso.

Se você ficou com água na boca para experimentar esta deliciosa receita, procure um tradicional restaurante chinês mais próximo à sua região. Ou, melhor, viaje para a China e experimente o verdadeiro pato à Pequim.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *